Superintendência Administrativa – SUPAD

image_pdfimage_print

Cabe à SUPAD subsidiar as atividades promotoras da Educação Pública Municipal, buscando procedimentos, caminhos e estratégias que permitam a otimização dos recursos financeiros e dos espaços educativos.

Meta: atender às necessidades da comunidade escolar, de forma a:

– possibilitar que unidades escolares ofertem espaços mínimos para o desenvolvimento do conhecimento;

– garantir e manter infraestrutura básica;

– investir em mobiliário e materiais permanentes;

– investir em bens móveis e imóveis.

Funcionamento:

  • Estrutura física:

* Engenharia: responsável pela elaboração de projetos de construção e reformas, planilhas orçamentárias e orientações dos serviços a serem executados nas unidades escolares.

* Manutenção Predial: responsável pela manutenção física das unidades escolares, Núcleos, Conselhos Municipais e sede da Secretaria Municipal de Educação.

  • Bens patrimoniais:

Os materiais adquiridos pela Secretaria Municipal de Educação, por meio de um levantamento das reais necessidades e abertura de processos, são guardados no almoxarifado e, por conseguinte, quando enviados às unidades escolares, são patrimoniados.

  • Transporte escolar: responsável por controlar todo o transporte de veículos oficiais da Secretaria Municipal de Educação e/ou escolares.
  • Diretoria financeira:

*Prestação de Contas: responsável por acompanhar e fiscalizar o emprego das verbas municipais e federais repassadas às unidades escolares.

Os Programas Federais são compostos pelas verbas PNAE (Programa de Alimentação Escolar), PDDE (Programa Dinheiro Direto na Escola) e ações vinculadas, além dos Programas Municipais do PDE (Programa Dinheiro na Escola) e PNAE.

*Gerenciamento de Processos: responsável por executar, gerenciar e controlar as atividades que visam à aquisição de materiais, realização de obras e contratações de serviços, por meio da abertura de processos administrativos para a realização dos certames licitatórios.

* Nutrição Escolar:  responsável em fazer a solicitação às unidades escolares referente ao  envio dos documentos, por supervisionar e orientar todos os procedimentos que envolvem o armazenamento, confecção e distribuição da alimentação escolar, visando à garantia da segurança alimentar e nutricional dos alunos.